Banco Afro recebe investimento do Google

Banco Afro recebe investimento do Google
  • 10 de setembro de 2021

Banco Afro, a maior fintech de impacto social do Brasil, recebeu investimento do Google dentro do fundo “Black Founders Fund” e pretende impactar 2 milhões de pessoas em 2022.

No dia 09 de setembro o Google anunciou o investimento financeiro no Banco Afro. O valor do investimento não foi divulgado pelas partes.

Além do investimento financeiro, o Google anunciou que colocou à disposição da Startup Candanga tecnologia, serviços e mentores do “Google for startups” para potencializar o alcance e impacto do Banco Afro.

Com o investimento, o Banco Afro irá ampliar o número de comunidades e clientes que consegue atender. Ampliando os times de desenvolvimento, comercial e atendimento.

O Banco Afro trabalha para empoderar e potencializar o impacto das comunidades, para que o capital gere frutos para quem mais precisa na comunidade. Assim, impactar diretamente as classes C, D e E, especialmente negros, quilombolas e refugiados, mudando a forma como elas consomem e se relacionam com o dinheiro.

Se você está olhando o Banco Afro e comparando com um Banco tradicional, não vai entender nada mesmo! Eles encaram a tecnologia bancária como simples commodity. E a utilizam apenas como instrumental, não como fim transformador da sociedade.

Afirmam, que a única forma de impactar e reverter o nosso sistema que em 2021 possui quase 48% da população em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar é empoderando e desenvolvendo comunidades com tecnologia social e bancária.

Sim, usar a tecnologia social para criar uma nova forma de desenvolver as comunidades, a sociedade.

Diego Reis

Fundador e CEO do Banco Afro.

Deixe o seu comentário